Remanso

Vereador Ocimar Moura mantém vigilância sobre caso da retroescavadeira desviada em Remanso

O Vereador Ocimar Moura (PC do B), um dos vereadores que descobriram o uso indevido de uma retroescavadeira, por meio de nota enviada a Rede GN, fala sobre a ação da CODEVASF e o que espera a seguir:

“A gente se mobilizou, com indignação, depois de descobrirmos que a Associação da Barra era proprietária de uma retroescavadeira que nunca apareceu para prestar serviços à comunidade. A retomada da máquina é o primeiro passo, mas quem se apropria de bens que deveriam servir a quem mais precisa, tem de ser punido e a associação e a comunidade tem de ser recompensada pelo prejuízo”.

Ocimar garante que continua vigilante: “Queremos que a CODEVASF mantenha o programa de distribuição de caixas d’água, da doação de máquinas e equipamentos, mas, com seriedade e fiscalização por parte dos órgãos competentes”.

A Codevasf mês passado emitiu a seguinte nota:

CONFIRA NOTA DE ESCLARECIMENTO CODEVASF:

Depois de tomar conhecimento pela imprensa local de uma denúncia feita durante a última sessão da Câmara de Vereadores de Remanso (BA), realizada na noite de 27/02, sobre um possível desvio no uso de uma retroescavadeira destinada à Associação dos Pequenos Agricultores do Sítio Barra, objeto do Termo de Doação nº 6.0216.00/2023, o Superintendente Regional da Codevasf em Juazeiro, determinou que a área técnica da Codevasf apure imediatamente a situação de utilização do bem e os termos da denúncia feita.

Cabe ressaltar que a Codevasf trabalha para assegurar o bom uso do bem público e que as suas políticas públicas cheguem de forma efetiva à população beneficiada. Assim, qualquer desvio identificado no uso do bem público em questão será também informado à Polícia Federal em Juazeiro para apuração e punição de eventuais envolvidos, sem prejuízo das ações de competência da Codevasf.

A Codevasf utiliza critérios técnicos rigorosos antes, durante e depois da realização da doação de qualquer bem público, como determinam os órgãos de controle e fiscalização.

Lembramos que a Codevasf possui à disposição da população canais de comunicação nas redes sociais e na página oficial da empresa, onde poderão ser feitas reclamações, elogios, denúncias ou pedidos de esclarecimentos de qualquer situação das ações que realiza, tendo absoluto compromisso com a apuração e punição de eventuais irregularidades.

Juazeiro (BA), 28 de fevereiro de 2024.

Zilton Martins Cezar-Assessoria Regional da Comunicação e Promoção Institucional

Ascom

Deixe uma resposta